O que é defesa e promoção de direitos?

A defesa e promoção de direitos trata de influenciar pessoas, políticas, práticas, estruturas e sistemas a fim de obter mudança.

Ela trata de influenciar as pessoas no poder para que ajam de maneira mais equitativa, de forma que as causas subjacentes da pobreza possam ser resolvidas. A defesa e promoção de direitos pode ser feita diretamente pelas pessoas afetadas pela injustiça, em nome delas ou através de uma combinação de ambas as formas. Qualquer um pode realizar o trabalho de defesa e promoção de direitos – ele não precisa ser realizado por profissionais ou especialistas.

O trabalho de defesa e promoção de direitos inclui várias atividades diferentes, tais como lobby, mobilização, educação, pesquisa, oração e trabalho em rede. Ele pode ser feito por um indivíduo, por um grupo de pessoas ou por uma rede, pode ser espontâneo ou cuidadosamente planejado e pode ser uma intervenção individual ou um processo contínuo.

Faz parte da missão da Igreja trabalhar com a defesa e promoção de direitos manifestando-se contra a injustiça, defendendo a causa das pessoas pobres, exigindo que as pessoas no poder prestem contas e capacitando as pessoas para que se manifestem por si próprias. Seu objetivo final é levar e demonstrar as boas novas da vinda do reino de Deus.

Para explorar o tema da defesa e promoção de direitos de forma mais detalhada, clique nos links abaixo:
 
Do que consiste a defesa de direitos? (PDF 58 KB)

Três abordagens para a defesa de direitos (PDF 53 KB)

Papéis de um defensor de direitos (PDF 57 KB)